quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

De rompante !

 
De rompante surgiste...
Num ímpeto de tesão...
Caralho em brasa...
Queimando o meu cú...
Entrego-me sem receios...
A cada estocada de ti !

2 comentários:

Cléia Fialho disse...

E sem receio...
surgi rompante
diante de ti paixão
ardente e culminante
sorvi o seu tesão.

яυgı∂σs ρσétι¢σѕ ∂α ℓєσα
=';'=

* lilium * disse...

E que rompante!